DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE SUSPENSO OU NÃO EM 2022???

Difal - Thargo Contabilidade

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

 

Por força do silêncio legislativo a cobrança do DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE estaria suspensa desde de 01.01.2022, e promoveria um alívio imediato financeiro e burocrático as empresas.   

Entendendo:  A suspensão foi provocada por uma decisão do STF de inconstitucionalidade a Emenda 87/2015, porém permitindo a continuidade da cobrança até 31.12.2021 sob condição de aprovar nova Lei Complementar Federal ainda em 2021 para respeitar o princípio da anterioridade legal.

A Lei foi então promulgada em 04.01.2022, e valeria para 2023.   Todos os monitores do assunto estavam certos da suspensão legal da cobrança, mas não podemos desconsiderar a engenhosidade brasileira, em especial do judiciário e legisladores.    Os Estados, certos de sua aprovação, realizaram normativas estaduais para a continuidade da cobrança ainda em 2021 mesmo sem Lei respaldando; e agora, dia 06.01.2022, o CONFAZ publicou CONVÊNIO dando provimento e retroagindo a 01.01.2022.

O impasse jurídico se faz presente e várias bancas de Advogados e Juristas argumentam a ilegalidade da cobrança mesmo diante de regulamentações por entes do Fisco (Secretarias Estaduais e CONFAZ).   De todo modo, é preciso cautela na decisão do empresariado.  Pagar ou suspender? 

Os Estados não deixarão de cobrá-la, inclusive aumentando nesse período as fiscalizações nas Barreiras Fiscais pelo país.  Portanto, é preciso analisar a situação de cada empresa com seu corpo jurídico para evitar dissabores financeiros e fiscais.

01032021 Vebil - Thargo ContabilidadeConhecido por poucos e odiado por muitos, o DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE instituído pelo Convênio ICSM 93 de 17/09/2015, é a cobrança da diferença de tributos entre os Estados quando a venda se destina ao Consumidor Final Não Contribuinte de ICMS.

Em resumo, cada Estado tem a sua própria alíquota praticada nas operações internas (dentro dos seus limites) e existe outra, regionalizada e aplicada nas operações INTERESTADUAIS.  Uma varejista estabelecida no  Rio de Janeiro, por exemplo, que vende mercadorias para um consumidor residente em São Paulo, precisa recolher a alíquota interestadual de ICMS à Fazenda do RJ e o DIFAL para o Fisco paulista.

Um exemplo:

Capturar - Thargo Contabilidade

Em suma, ao empresariado restará decidir:

  1. Continuar pagando, uma vez que, ao final do eventual embate, o STF irá corroborar de forma retroativa, mais uma vez;
  2. Suspender o pagamento conforme suspensão sob a luz da inobservância do princípio legal violado; estando ciente dos riscos de cobranças, retenção de mercadorias em barreiras etc;
  3. Impetrar Mandado de Segurança com base da decisão do STF e suspender o pagamento;
  4. Impetrar Mandado de Segurança com base da decisão do STF e pagar em juízo;

Observações:
(1)  Não confundir com o DIFAL ICMS CONTRIBUINTE; que continua vigorando;
(2) O DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE não alcança empresas do SIMPLES NACIONAL.

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

5e04ac158fecfda1582f48c72e980e472a8a7f993acef 350x280 - Thargo Contabilidade

NOVO SALÁRIO MÍNIMO 2022 – R$ 1.212

  Publicada Medida Provisória nº 1,091/2021 estabelecendo novo valor ao salário mínimo federal de R$ 1.212,00 mensais em 2022. O novo valor atende ao estabelecido na Constituição Federal, que determina a preservação do poder aquisitivo do salário mínimo.  Para as remunerações

Difal - Thargo Contabilidade

DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE SUSPENSO OU NÃO EM 2022???

  Por força do silêncio legislativo a cobrança do DIFAL ICMS NÃO CONTRIBUINTE estaria suspensa desde de 01.01.2022, e promoveria um alívio imediato financeiro e burocrático as empresas.    Entendendo:  A suspensão foi provocada por uma decisão do STF de

8e8724c6 1512 44e7 Aa61 5ec9ca0c733a - Thargo Contabilidade

PARCELAMENTOS ESPECIAIS – DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO (PGFN)

  Prorrogado para 25/02/2022 a adesão ao Programa de Retomada Fiscal da PROCURADORIA DA FAZENDA NACIONAL – PGFN,  Dívida Ativa da União, para praticamente qualquer débito e descontos de até 100% na multa, juros e encargos. São as chamadas TRANSAÇÕES

1 178882 6877486 - Thargo Contabilidade

NOVO REFIS AVANÇA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

  Na mais nova tentativa de reedição do tão aguardado REFIS (Programa Federal de REGULARIZAÇÃO FISCAL), o relator do Projeto na Câmara dos Deputados, Deputado André Fufuca, PP-MA, proporá mudanças para democratizar (facilitar) o acesso dos empresários ao Parcelamento Especial.

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
  Prorrogado para 25/02/2022 a adesão ao Programa de Retomada…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat